Economia

Ministro da Fazenda diz que economia está em “franca recuperação”

Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nessa quarta-feira (3) que a economia brasileira tem mostrado claros sinais de recuperação nos últimos meses, ao comentar as projeções do mercado financeiro que estimam um crescimento entre 0,5% e 2% da economia nacional em 2017, apesar da queda de até 3% esperada para este ano. Segundo Meirelles, a previsão do governo para o ano que vem é de alta de 1,2%.

O ministro citou a recuperação da atividade industrial, que alcançou a sexta alta seguida em junho, com crescimento de 2,1% e a retomada do nível de confiança na economia para justificar seu otimismo. Segundo ele, a crise que país atravessa por causa da queda de confiança dos investidores no longo prazo está sendo revertida com as medidas tomadas pelo governo interino.

“Nos últimos meses, tivemos a consolidação da recuperação da atividade industrial. Apesar de o indicador estar em queda em relação ao ano passado, está em franca recuperação”, comparou Meireilles durante evento do Bradesco no Rio.

O governo, segundo ministro, espera uma retomada do consumo para compensar perdas na arrecadação na última década e considera não aumentar impostos. “Basta parar essa queda, com a recuperação da atividade e da confiança, e basta subir um pouquinho a arrecadação tributária, além de um crescimento do PIB [Produto Interno Bruto] maior do que se previa, certamente poderemos ter uma recuperação tributária que não torne necessário um aumento de imposto”, disse. No entanto, Meirelles diz que precisa de um mês para bater o martelo sobre o assunto.

À plateia de investidores e políticos, o ministro da Fazenda também fez apostas para o mercado de trabalho e disse que o novo cenário da economia alavancará a geração de empregos. Segundo ele, há 10 milhões de pessoas buscando vagas no país.

Com Agência Brasil

Comentários


To Top