Política

‘Nunca imaginava o nível de desrespeito que tiveram comigo’, desabafa o ex-candidato Paulo Brant

O empresário Paulo Brant se diz desrespeitado com a decisão do atual prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), de retirá-lo da disputa eleitoral. A informação é da jornalista Juliana Cipriani, do jornal Estado de Minas, em reportagem publicada nesta segunda-feira (8).

Segundo o jornal Estado de Minas, Paulo Brant teria recebido a notícia de que estava fora do pleito no momento em que se despedia da presidência da Cenibra — cargo que renunciou neste ano para disputar à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) como indicado de Marcio Lacerda.

“Confiei muito e algumas pessoas me decepcionaram profundamente. Acredito que a política tem gente de bem, mas a decepção das pessoas que estavam do meu lado foi muito grande. Nunca imaginava o nível de desrespeito que tiveram comigo”, disse Paulo Brant ao jornal Estado de Minas.

O ex-presidente da Cenibra afirmou ainda que a decisão de tirá-lo da disputa eleitoral foi tomada na “calada da noite”, sendo que havia se encontrado com Lacerda horas antes da reviravolta.

A reportagem do Bhaz não conseguiu contato com o ex-candidato Paulo Brant. A página na rede social na qual Brant realizava postagens sobre a candidatura foi retirada do ar.

O candidato Alexandre Kalil (PHS), por meio do Twitter, se solidarizou com Paulo Brant, provocando o atual prefeito Marcio Lacerda (PSB): “Não posso aceitar sossegado qualquer sacanagem ser coisa normal”, publicou em sua conta oficial.

Em nota, o diretório municipal do PSB informou que a retirada de Paulo Brant foi decidida em conjunto das comissões executivas da legenda na última sexta-feira (5). Ainda segundo o texto divulgado, a declaração de apoio ao PSD, chapa encabeçada pelo atual vice-prefeito de BH, Délio Malheiros, ocorreu com o objetivo de dar continuidade às políticas públicas da atual gestão municipal.

Leia a reportagem na íntegra do jornal Estado de Minas.

Comentários


To Top