Política

Candidatos não perdem tempo e iniciam campanhas nas primeiras horas da madrugada de terça-feira

Os candidatos já podem pedir o voto do eleitor. Foi dada a largada nesta terça-feira (16) para o início campanhas eleitorais, que contam com 45 dias de atraso em relação às eleições de 2012, quando as propagandas foram liberadas a partir de 6 de julho.

Nesse sentido, com o período destinado às campanhas reduzido pela metade, conforme estabelece a nova lei eleitoral, os candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) não perderam tempo.

Dentre os 11 postulantes à cadeira do prefeito, a maioria manifestou nas redes sociais sobre o primeiro dia de campanha. Até o fechamento desta matéria, apenas o deputado João Leite (PSDB), líder na pesquisas das intenções de votos, não havia se manifestado.

Outros candidatos, no entanto, a exemplo de Alexandre Kalil (PHS) e Luis Tibé (PTdoB), não esperaram nem mesmo o dia amanhecer para dar início oficialmente à caminhada pela conquista do Executivo municipal.

“Meia-noite e um do dia 16, começou a campanha. Agora eu posso pedir o seu voto.”, diz Alexandre Kalil, em vídeo publicado no Facebook.

Na publicação, Kalil segue convidando o eleitor para refletir sobre a responsabilidade do voto, sugerindo que a população pense antes de confirmar um candidato diante das urnas. “Vamos fazer diferente, vamos pensar em quem votar. Não vote em mim se achar que eu não vou resolver”, sugeriu.

Também nas primeiras horas da madrugada desta terça-feira, a página oficial do deputado federal Luis Tibé (PTdoB) divulgou a imagem do candidato colando um adesivo da campanha no vidro traseiro de um automóvel.

“Foi dada a largada, e eu e minha equipe estamos na rua para lançar nossa campanha”, diz a legenda da foto publicada às 1h04 desta terça-feira

Tibé (PTdoB) aproveitou as primeiras horas do desta terça-feira (16) para dar a largada na campanha(Reprodução/Facebook)

Tibé (PTdoB) aproveitou as primeiras horas desta terça-feira (16) para dar início à campanha (Reprodução/Facebook)

No período de campanha eleitoral, os candidatos poderão distribuir santinhos e outros materiais impressos diariamente, de 6h às 22h, até a véspera da votação — a orientação vale também para o uso de bandeiras.

No entanto, conforme previsto pela nova lei eleitoral, cavaletes e pinturas em muros, comuns nas eleições anteriores, não serão mais permitidos. Já os adesivos e cartazes poderão ser afixados em bens particulares, desde que não ultrapassem 0,5m².

As propagandas dentro do horário eleitoral gratuito nas emissoras de rádio e televisão terão início no dia 26 de agosto, conforme estabelece a legislação em vigor.

Em cima da hora

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais registrou 11 candidaturas ao cargo de prefeito de Belo Horizonte nessa segunda-feira (15) — data-limite para inscrição das chapas junto ao órgão.

Vanessa Portugal (PSTU), que tem com vice a professora Firmina, em uma chapa pura, foi a última candidata a entrar com a documentação. Ela registrou a candidatura às 18h, na sede do TRE-MG, enquanto que o cartório eleitoral fechava às 19h.

Em cima da hora: Vanessa Portugal foi a última a registrar candidatura (Reprodução/Facebook)

Em cima da hora: a chapa encabeçada pela Vanessa Portugal (PSTU) foi a última ter candidatura registrada (Reprodução/Facebook)

 

 

 

 

 

Comentários


To Top