Justiça

Cronograma do julgamento final do impeachment de Dilma é definido por Lewandowski

Antonio Cruz/Agência Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, definiu nesta quarta-feira (17) como será o cronograma do julgamento final da presidente afastada, Dilma Rousseff, marcado para começar no próximo dia 25, uma quinta-feira, às 9h.

Pelo roteiro os senadores passarão a quinta-feira e a sexta-feira (26) dedicados às testemunhas. Ao todo, são oito testemunhas, seis para defesa e duas para a acusação. Inicialmente tinham três testemunhas de acusação, mas uma abriu mão.

Nessa fase da sessão os senadores poderão fazer perguntas. Eles terão seis minutos, cada. Lewandowski disse que a acusação e a defesa também vão poder fazer perguntas. A ideia é esgotar esta fase mesmo que os debates se prolonguem pelo final de semana, como explicou o presidente do STF.

Com Agência Brasil

Comentários


To Top